Venezuela: chanceler publica convite do Brasil a Maduro para posse

Metrópoles | 16/12/2018 21:40:02

Presidente eleito disse neste domingo (16/12) que líderes de Venezuela e Cuba não serão convidados para o evento de 1º de janeiro

Chanceler venezuelano, Jorge Arreaza afirmou em seu Twitter neste domingo (16/12) que o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, foi sim convidado para a cerimônia de posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro.

Para desmentir as declarações de Bolsonaro, que afirmou neste domingo (16/12), que não convidará líderes de “regimes que violam as liberdades de seus povos” para o evento, Arreaza publicou em seu perfil na rede social imagens de um documento enviado pelo Ministério das Relações Exteriores em 29 de novembro, no qual informa a data da posse e convida o líder do país para assisti-la.

— Jorge Arreaza M (@jaarreaza) December 16, 2018

— Jorge Arreaza M (@jaarreaza) December 16, 2018

Arreaza publicou, ainda, o documento que o governo da Venezuela enviou em resposta ao convite, em 12 de dezembro, no qual afirma que “não assistiria jamais a posse de um presidente que é a expressão da intolerância, do fascismo e da entrega a interesses contrários à integração latino-americana e caribenha”.

Jornalista: Agência Estado