Polícia de SP denuncia marido por morte da modelo Caroline Bittencourt

Thayna Schuquel | 16/08/2019 18:00:20

O empresário Jorge Sistini foi indiciado por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar

instagram/reprodução

Após a conclusão do inquérito sobre a morte da modelo Caroline Bittencourt, nesta sexta-feira (16/08/2019), a Polícia Civil de São Paulo decidiu indiciar o marido dela, o empresário Jorge Nogueira Sistini, por homicídio culposo. O parecer foi enviado ao Ministério Público para manifestação.

Caso a denúncia seja oferecida pelo MP, o empresário vai responder judicialmente pela morte da esposa. A promotoria pode ainda solicitar novas diligências à polícia ou indicar à Justiça o arquivamento do processo. No primeiro caso, se condenado, o crime prevê pena de seis meses a 20 anos de prisão.

Jornalista: Thayna Schuquel