AÇÃO POLICIAL

PM liberta família e prende dois suspeitos em Mato Grosso

Redação 24 Horas News/ | 21/05/2018 19:52:25

Quatro indivíduos seguiram a família até a casa. Um deles, uma mulher, dava cobertura do lado de fora em um veículo Uno

Fotos: 6ºCR/PMMT

Policiais da 1ª Cia de Mirassol D’Oeste libertaram quatro pessoas que eram mantidas em cárcere privado dentro da própria casa no centro da cidade e evitaram que os suspeitos roubassem os pertences das vítimas.

O caso foi registrado na Rua Miguel Botelho de Carvalho, na noite deste domingo (20.05).Os policiais perceberam a porta aberta e a casa visivelmente revirada. O local foi cercado e os policiais observaram a movimentação. Os suspeitos carregando os objetos das vítimas para dentro de um picape. No momento em que dois suspeitos  abriram o portão para sair, foram detidos.

As vítimas estavam trancadas no banheiro e informaram que haviam mais dois homens armados. No entanto, eles fugiram pelos fundos da casa assim que notaram a presença da polícia. Foram avistados próximo a rotatória do bairro Favo de Mel, onde efetuaram disparos contra os policiais e se embrenharam em um matagal rumo a cidade de São José dos Quatro Marcos.

Nas proximidades, um veículo Uno preto, conduzido por uma mulher,  que omitiu a participação dizendo que esperava uma amiga, dava cobertura à ação criminosa.

No Fiat Uno foram encontrados documentos pessoais em nome dos suspeitos L.M.L.C,  e W.C.O., que não tiveram a idade revelada, um documento expedido pela terceira Vara Criminal de Cáceres em nome J.M.L., 24 anos e relógio de pulseira Rocha, um par de bota feminina, um boné vermelho e  CRLV de um veículo.  

D.F.O. e F.W.D. foram encaminhados para a Delegacia de Polícia. O veículo Uno teve os pneus dianteiros e trazeiros furados pelos policiais para evitar que os suspeitos o retirassem do local e fugissem. A condutora do veículo, L.M.L. também fugiu do local tomando rumo ignorado enquanto ocorria a intervenção policial.

 


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News