Mãe de menino baleado no Rio não consegue mais dormir: “Traumatizada”

Tácio Lorran | 16/05/2019 13:35:21

“Os três dormiam juntinhos, num quartinho na Vila Aliança”, disse uma tia do garoto

A mãe do menino Kauã Rozário, 11 anos, não consegue mais dormir desde que seu filho foi baleado durante um tiroteio, na última sexta-feira (10/05/2019), em Vila Aliança, em Bangu, Zona Oeste do Rio. O garoto permanece em estado gravíssimo no Hospital municipal Albert Schweitzer, em Realengo, também na Zona Oeste.

“Os três dormiam juntinhos, num quartinho na Vila Aliança. A mãe, o Kauã e o irmão dele”, contou uma tia de Kauã ao Extra – ela não quis ser identificada.

“Ela (a mãe) não consegue voltar para lá. Está muito traumatizada. O irmão também está muito abalado. Era muito agarrado com o Kauã”, completou.

De acordo com a tia, a mãe do menino baleado pretende criar o filho mais novo, de 9 anos, fora da comunidade.

“Ela quer tentar tirá-lo dessa violência toda. Peço para que as pessoas rezem para que isso possa ser possível”, disse ao Extra.

Jornalista: Tácio Lorran