Maduro apoia proposta de realizar diferentes eleições na mesma data

| 22/02/2018 06:45:02

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, apoiou nessa quarta-feira (21) a proposta para que no dia 22 de abril sejam realizadas eleições legislativas e presidenciais. Ele pediu que na mesma data haja um pleito para eleger conselhos legislativos e municipais em todo o país. A informação é da Agência EFE.

"Eu penso que é uma proposta necessária, justa mas, além disso, proponho que se some a eleição de todos os conselhos legislativos dos 23 estados e de todos os conselhos municipais dos 335 municípios do país e façamos uma renovação integral", disse.

Com essa declaração, Maduro deu sinal verde à proposta do dirigente chavista Diosdado Cabello, quem ontem anunciou que pedirá à governista Assembleia Nacional Constituinte (ANC) que antecipe o pleito parlamentar e o realize no dia 22 de abril, junto com o presidencial.

"Deixaríamos todos os poderes renovados, uma grande megaeleição parlamentar para o país que proponho oficialmente à ANC e seguiremos para eleições poderosas rumo a uma renovação democrática", afirmou Maduro.

O líder chavista disse que, se a proposta for concretizada, o país entrará em um quinquênio posterior sem eleições, que permitiria à chamada revolução bolivariana "construir a economia", hoje imersa em profunda crise caracterizada pela escassez generalizada e uma hiperinflação.

A coalizão opositora Mesa da Unidade Democrática (MUD) informou hoje que não participará das eleições presidenciais "fraudulentas" de abril. A MUD desafiou o chefe do Estado a disputar "verdadeiras eleições", em condições de igualdade, que incluam uma renovação profunda do Conselho Nacional Eleitoral (CNE), do qual desconfiam.

Maduro considerou que os opositores "têm medo" de perder o pleito e denunciou que a MUD quer "obstruir tudo o que for eleição porque está perdida, porque o povo deu as costas a eles  [opositores]".

"Com MUD ou sem MUD, a Venezuela terá eleições presidenciais e o povo participará delas como uma grande festa", ressaltou.

*É proibida a reprodução total ou parcial desse material. Direitos Reservados


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News