João de Deus dormirá em presídio, em Aparecida de Goiânia

Metrópoles | 16/12/2018 19:30:03

Médium ficará em cela individual, devido à idade e pela natureza sexual das acusações. Transferência será após “longo” interrogatório

Enviadas especiais a Goiânia (GO) – A Polícia Civil de Goiás informou que o médium João de Deus será transferido ainda na noite deste domingo (16/12) e passará a noite em um presídio. Ele ficará em uma cela individual no Complexo Penitenciário de Aparecida de Goiânia (GO), na região metropolitana da capital.

A transferência deve ocorrer assim que for concluído o interrogatório do acusado na Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), em Goiânia, para onde o líder espírita foi levado após se entregar à polícia. A rendição ocorreu por volta das 16h30 e a chegada ao local do interrogatório, às 17h55. Antes de adentrar o presídio, João de Deus será ainda submetido a exame de corpo de delito, no Instituto Médico Legal (IML).

Segundo o delegado-chefe da Polícia Civil de Goiás, a previsão é de que seja um interrogatório “longo e detalhado”. Força-tarefa do Ministério Público de Goias (MPGO) recebeu 335 denúncias contra João de Deus desde o último dia 12. São relatos de abuso sexual supostamente praticados pelo médium contra brasileiras – do DF e 13 estados – e estrangeiras – de seis países.

O inquérito instaurado pela Polícia Civil vai priorizar a elucidação desses casos, mas a corporação também se debruçará sobre possíveis práticas de fraude, extorsão e crimes correlatos que possam ter sido cometidos por João de Deus.

Jornalista: Manoela Albuquerque