IRMÃOS MORTOS

Irmãos bandidos levam tiros na periferia de Cuiabá e morrem durante atendimento médico

Jornalista Jonas Jozino | 19/07/2019 07:33:34

Segundo a Polícia Militar, que foi chamada para atender a ocorrência e dar segurança na Upa, a dupla, teria sido perseguida por um bando marginal no Pedra 90 e cada um dos irmãos teria recebido pelo menos três tiros. Eles foram socorridos por populares que os levaram até a Upa do Pascoal Ramos.

Dois irmãos morreram na noite desta quinta-feira na Unidade de Pronto Atendimento – UPA -, do bairro Pascoal Ramos. Eles não resistiram aos ferimentos provocados por balas de revolver que receberam, provavelmente de um bando de criminosos rivais no bairro. Enquanto eram atendidos por uma equipe médica houve confusão provocada por familiares e amigos que chegaram a ameaçar médicos e enfermeiros se não conseguissem salvar a dupla.

Segundo a Polícia Militar, que foi chamada para atender a ocorrência e dar segurança na Upa, a dupla, teria sido perseguida por um bando marginal no Pedra 90 e cada um dos irmãos teria recebido pelo menos três tiros. Eles foram socorridos por populares que os levaram até a Upa do Pascoal Ramos.

A PM informou ainda que houve confusão também na Upa do Pedra 90, onde os criminosos que atiraram nos irmãos chegaram a invadir a unidade de saúde para tentar consolidar o assassinato, mas não encontraram os irmãos ali.

Testemunhas contaram que os irmãos eram velhos conhecidos no mundo do crime no extremo da região Sul de Cuiabá com várias passagens pela Polícia. Tanto que eles foram levado ao hospital por criminosos do próprio bando que exigiam que eles fossem salvos.

"Eles disseram que se os irmãos morressem, iam matar todo mundo. Um deles colocou uma arma em cima da mesa do médico", disse uma testemunha. No entanto, a PM chegou no local e os homens fugiram.