DIPLOMA FALSO

Filho de Riva é acusado de falsificar diploma de médico de  tráfego para ganhar credenciamento do Dentra-MT

Jornalista Jonas Jozino | 05/09/2019 10:41:43

Segundo a assessoria do Polícia Judiciária de Mato Grosso, os agentes da Defaz ainda se encontram na residência do filho do ex-presidente da Assembleia Legislativa procurando o documento falso que teria sido fraudado por José Riva Júnior e outros documentos usados para conseguir o diploma de médico de tráfego. Não há informações se o filho de Riva irá para a cadeia.

José Geraldo Riva Júnior, filho do ex-deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, José Geraldo Riva, recebeu na manhã desta quinta-feira a visita de agentes da Delegacia Especializada em Crimes Fazendárias, Defaz, órgão da Polícia Civil de Mato Grosso. Júnior, como é conhecido é acusado de ter fraudado um diploma de Medina da Universidade Pontifícia Católica de Goiás para receber o credenciamento do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso – Detran-MT – e trabalhar como médico de tráfego. Além dele, que está tendo sua residência revidada em mandato de busca e apreensão, outros dois mandatos estão sendo cumpridos em Cuiabá e Várzea Grande.

Segundo a assessoria do Polícia Judiciária de Mato Grosso, os agentes da Defaz ainda se encontram na residência do filho do ex-presidente da Assembleia Legislativa procurando o documento falso que teria sido fraudado por José Riva Júnior e outros documentos usados para conseguir o diploma de médico de tráfego. Não há informações se o filho de Riva irá para a cadeia.

Ainda de acordo com a assessoria, Riva Júnior apresentou um título falso da PUC Goiás de especialista em Medicina de Tráfego para se credenciar e realizar exames de aptidão aos candidatos.

Nas investigações, os agentes da Defaz apuraram junto a universidade que Riva Júnior não  conclui uma das disciplinas do curso e, por isso, não tem o certificado da Especialização. Com o certificado falso apresentado ao Detran, por meio de uma empresa que ele é sócio, o médico atendia normalmente os motoristas e candidatos para exames de aptidão física e mental.