EVITANDO CONSTRANGIMENTO

Ejaculação precoce é muito comum entre o público masculino; saiba como tratar

fasdapsicanalise | 17/01/2018 06:33:16

Ejaculação precoce é o orgasmo masculino que ocorre antes do que se espera no sexo, gerando frustração tanto para o homem quanto para a parceira ou parceiro.

Foto: Reprodução

Resumidamente a ejaculação precoce é o orgasmo masculino que ocorre antes do que se espera no sexo, gerando frustração tanto para o homem quanto para a parceira ou parceiro.
 
Quais podem ser as causas da ejaculação precoce?
 
Os fatores psicológicos são os mais apontados nestes casos, como: estresse, ansiedade, problemas emocionais, uso de medicamentos psicotrópicos, entre outros.
 
Quando o problema da ejaculação precoce está associado a fatores biológicos, as causas podem ser: taxa de hormônios acima do normal, problemas na tireóide, processo inflamatório na próstata ou uretra, diabete não diagnosticada, fatores genéticos etc.
 
O que evidencia o problema da ejaculação precoce?
 
De acordo com especialistas, os principais sintomas são: dificuldades em manter a ereção em menos de um minuto de penetração; aumento de estresse e sensação de frustração antes mesmo de iniciar o ato sexual; incapacidade de controlar a própria ereção no momento do sexo.
 
Diagnóstico e tratamento do problema
 
O primeiro passo para o diagnóstico do problema é a procura pela ajuda de um especialista. Na maioria dos casos, são recomendados exames como o de sangue, para a averiguação das taxas de testosterona.
 
Após diagnóstico, podem ser indicadas como formas de tratamento a terapia sexual, em que pode ser orientada a prática da masturbação duas horas antes da relação sexual para que se consiga manter a ereção por mais tempo durante o sexo.
 
A conhecida ‘técnica do aperto’ também é indicada, consiste na pausa durante o sexo ou masturbação, em que o homem quando próximo do orgasmo deve apertar com cuidado a base do pênis por alguns segundos e cessar qualquer estimulação por mais 30 segundos, antes de retomar o ato sexual ou masturbação.
 
Outra técnica semelhante é a de parar o ato sexual quando estiver próximo do orgasmo por pelo menos 30 segundos.
 
Medicamentos naturais também costumam ser indicados, como é o caso da erva Tribulus Terrestris, que de acordo com o portal especialista Online Farma, é um dos afrodisíacos naturais mais procurados, a planta estimula a produção do hormônio testosterona, melhora o desempenho sexual e até atua em prol da fertilidade masculina.
 
O mais importante em casos de ejaculação precoce recorrente é que o homem procure tratamento, que na maioria dos casos, auxilia na cura do problema.


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News