ENCONTRO

Congresso Espírita em Mato Grosso confirmado para agosto

Serão quase 20 horas de reflexão compartilhadas, durante os três dias de evento, pelos 11 facilitadores espíritas de renome nacional

Redação 24 Horas News | 13/07/2017 21:08:08

O Brasil sempre foi uma grande mistura de raças e credos. Uma mistura pacífica, que contribui para a convivência de religiões e doutrinas. E nesse movimento pacífico está o Espiritismo, que vive um momento de crescimento no Brasil. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entre 2000 e 2010, o número de espíritas no País cresceu 65%. O espiritismo tem 3,8 milhões de fiéis autodeclarados no Brasil, segundo o IBGE, e 30 milhões de simpatizantes, segundo a Federação Espírita Brasileira.

É nesse momento crescente, que será realizado em Cuiabá, no período de 17 a 20 de agosto, o 6º Congresso Espirita de Mato Grosso, pela Federação Espírita de Mato Grosso (Feemt), com expectativa de reunir mais de duas mil pessoas. Com o tema ‘Amai-vos e Instruí-vos’, o evento que acontece de quatro em quatro anos, tem o propósito de fomentar reflexões inerentes à busca do ser enquanto espírito imortal.

“Jesus fazia esse exercício reflexivo em todas as suas conversas, levando aqueles que se acercavam dele, a um processo de reflexão de si para consigo e de si para com a vida. E ao nos convidar ao amor e à instrução, Jesus nos leva a pensar não somente na educação formal e cognitiva, mas, na educação do nosso ser. Talvez hoje dissesse: espíritas, amai-vos e educai-vos”, observou Lacordaire Faiad, presidente da Federação Espírita de Mato Grosso.

Serão quase 20 horas de reflexão compartilhadas, durante os três dias de evento, pelos 11 facilitadores espíritas de renome nacional. Entre os temas que serão abordados estão assuntos que fazem parte do dia-a-dia das pessoas como o amor, o complexo de culpa, medos, a união, relações familiares entre outros.

As inscrições para o 6º Congresso Espírita de Mato Grosso podem ser feitas através do site www.feemt.org.br


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News