Com Zanetti, Seleção masculina de ginástica é definida para o Pan

Estadão Conteúdo | 19/07/2019 13:00:08

Medalhista de prata nos Jogos Olímpicos do Rio-2016, Zanetti lutará para conquistar o seu quinto pódio em um Pan

Divulgação

A Seleção Brasileira masculina de ginástica artística foi definida para a disputa dos Jogos Pan-Americanos de Lima, que começam no próximo dia 26, no Peru. Com destaque principal para a presença de Arthur Zanetti, campeão olímpico na prova das argolas em Londres-2012, a equipe nacional também contará com Arthur Nory, Caio Souza, Francisco Barreto Júnior e Luís Porto.

Medalhista de prata nos Jogos Olímpicos do Rio-2016, Zanetti lutará para conquistar o seu quinto pódio em um Pan. Em seu histórico de participações na competição, o brasileiro faturou um ouro em Toronto-2015 e uma prata em Guadalajara-2011 em disputas individuais, sendo que na disputa por equipes o ginasta também obteve uma medalha dourada neste evento realizado há oito anos em solo mexicano e uma outra prateada alcançada na edição passada do evento, no Canadá.

Ao divulgar estes convocados para o Pan, a Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) destacou, em nota publicada em seu site oficial, que a equipe nacional tem a expectativa de avançar “ao maior número de finais possíveis” em Lima.

“O primeiro desafio deste time foi a definição dos nomes, pois oito atletas buscavam uma das cinco vagas. A nossa expectativa no Pan será a de conquistar o maior número de presenças em finais”, afirmou Marcos Goto, um dos treinadores da seleção masculina, que também destacou o fato de que Zanetti estará escalado para participar também das provas do solo e do salto, e não apenas das argolas, que é a sua especialidade.

“O Zanetti vem trabalhando com o objetivo de ajudar a equipe em mais aparelhos, tornando o time mais competitivo. Seus resultados estão sendo positivos no cenário internacional”, reforçou Goto, que ainda lembrou que os Jogos Pan-Americanos em Lima servirão como preparação para o Mundial de Stuttgart, que ocorrerá em outubro, na Alemanha, e é a principal prioridade da ginástica brasileira nesta temporada.

EsportesMedina bate Ítalo Ferreira e vence etapa de Jeffreys BayO brasileiro é o primeiro "goofy" campeão em Jeffreys Bay desde 1984, a primeira edição da etapa sul-africana na elite do surfe mundial

Jornalista: Estadão Conteúdo