AGUACEIRO

Chuva supera a média do mês de dezembro em Cuiabá e VG

Redação 24 Horas News | 16/12/2017 00:08:30

A primeira quinzena de dezembro também foi marcada por muita chuva na Grande Cuiabá

A chuva caiu pesada na madrugada desta sexta-feira sobre a Grande Cuiabá. Na capital federal foram 35,0 mm em apenas 1 hora de chuva. O aeroporto de Várzea Grande teve rajadas de vento com 50 km/h. Segundo o INMET, foram 44,4 mm acumulados sobre Cuiabá e Várzea Grande entre 10 horas do dia 14 e 10 horas do dia 15 de dezembro, pelo horário de Brasília.

A primeira quinzena de dezembro também foi marcada por muita chuva na região metropolitana.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, Cuiabá acumulado em 15 dias 289,4 mm de chuva, o que representa 50% de chuva acima da média normal para dezembro que fica em torno dos 200 mm.

 Chuvas de dezembro devem melhorar situação dos reservatórios do país, diz comitê

VG sofre também

O volume de chuva que atingiu Várzea Grande na madrugada desta sexta-feira (15), foi equivalente a média esperada para os meses de dezembro e janeiro. A chuva durou 40 minutos e provocou alagamentos em dezenas de casas e até apartamentos.

A Defesa Civil ainda faz o levantamento dos estragos causados, mas adianta que algumas famílias perderam tudo, pois a água chegou a mais de um metro de altura nessas residências.

A princípio, foram relatados alagamentos e prejuízos em bairros como Jardim Paula I e II, região do Marajoara, Figueirinha, região do Aeroporto Marechal Rondon, Nova Várzea Grande, Canela, Jardim dos Estados, Nova Fronteira, Água Vermelha, Centro e depois do Pronto-Socorro de Várzea Grande.

Conforme a Defesa Civil, famílias que moram nos bairros localizados na extensão do Córrego Traíra foram as mais afetadas e equipes da prefeitura iniciaram o cadastro daquelas que precisam de abrigo e ajuda imediata.

De acordo com o secretário da Defesa Civil municipal, coronel Alexandre Maia, a equipe ainda faz o monitoramento e mapeamento dos pontos críticos, das pessoas que estão desabrigadas e moradias que precisarão ser interditadas. "Iremos entregar a relação para a Secretaria de Assistência Social, que é quem poderá ajudar efetivamente essas famílias", disse.

Temporais diminui nos próximos dias

As áreas de instabilidade enfraquecem nos próximos dias sobre Mato Grosso. Um sistema de alta pressão atmosférica ganha força sobre o Centro-Oeste, o que vai reduzir o nível de umidade. As pancadas de chuva ainda vão ocorrer, porém com menor frequência, em menos áreas e o risco de tempestades também tende a diminuir.

Neste sábado, embora as áreas de instabilidade já comecem a enfraquecer, ainda pode chover com moderada a forte intensidade sobre Mato Grosso. O risco existe também para a capital.

A quantidade de pancadas de chuva e o risco de temporais diminuem no domingo, mas ainda pode chover forte em Mato Grosso.
Na segunda-feira, as condições para chuva continuam aumentando sobre nas demais áreas do Centro-Oeste.


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News