Aposentados são vítimas de fraude em empréstimos consignados em município do Pará

| 05/01/2018 18:45:02

Uma operação da Polícia Civil do Pará desarticulou ontem um esquema criminoso que envolvia pessoas ligadas a uma empresa correspondente bancária, em Breves, na Ilha do Marajó, no Pará.

 

Estelionatários tinham como vítimas aposentados, cujos dados pessoais foram usados ilegalmente para realização de empréstimos consignados indevidos que eram descontados nos contracheques.