PRECISANDO VENCER

Suspensos desfalcam Luverdense contra Cuiabá pela Série C

Redação 24 Horas News | 13/06/2018 09:33:11

O confronto, marcado para o próximo sábado, no estádio Passo das Emas, é direto na briga acirrada por um lugar na zona de classificação à segunda fase do torneio de acesso.

Após derrota de virada de 3 a 2 para o Operário de Ponta Grossa (PR), o Luverdense se reapresentou na tarde de ontem, visando o clássico estadual diante do Cuiabá na abertura do returno do Campeonato Brasileiro da Série C. O confronto, marcado para o próximo sábado, no estádio Passo das Emas, é direto na briga acirrada por um lugar na zona de classificação à segunda fase do torneio de acesso.

No momento, o Verdão do Norte ocupa a quinta colocação e o ‘Dourado’ vem logo em seguida, na sexta posição. Ambos somam 13 pontos ganhos na Chave B. Se a primeira fase encerrasse hoje, os dois times mato-grossenses estariam fora do mata-mata. Para o duelo, o time de Lucas do Rio Verde não estará com sua força máxima. Os atacantes Cleberson Tiarinha, Paulo Renê e o volante Lorran estarão fora de combate. Os dois primeiros vão cumprir suspensão automática por terem recebido cartão vermelho em Ponta Grossa. Tiarinha foi expulso com o jogo em andamento, aos 30 minutos do segundo tempo, quando o Luverdense vencia o Operário de 2 a 1.

Com menos um homem em campo, a equipe de Lucas não soube segurar o resultado, tomou o gol do empate e em seguida o da virada. Já Renê levou vermelho já no banco de reservas. Já Lorran foi advertido com o terceiro amarelo e também ficará de fora do clássico. O técnico Luizinho Vieira definirá quem entrará na equipe titular durante os treinamentos da semana. Mas a tendência é fazer opção por jogadores que vem sendo utilizados no decorrer da competição. Para o setor ofensivo, Rafael Silva é a opção. No meio-campo, Diogo Sodré, Elton e Mendes podem preencher a vaga deixada por Lorran.

Ao dar padrão de jogo ao time, Luizinho Vieira ressalta à importância de manter o mesmo ritmo implantado nas rodadas anteriores, quando o Verdão do Norte chegou a ficar quatro rodadas sem vencer.

A invencibilidade impulsionou o time, que deixou a lanterna da Chave B para ocupar até a rodada passada a quarta colocação com 13 pontos somados. Para o treinador, a partir do clássico contra o pressionado Cuiabá, que vem de três derrotas consecutivas, a Série C tende a ficar ainda mais complicada, já que trata-se do returno, que definirá os quatro classificados ao mata-mata e quem descerá para a Série D do Nacional de 2019. A ordem é fazer o dever de casa. Somar os três pontos.


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News