AMISTOSO

Seleção Brasileira enfrenta o Uruguai nesta sexta

Redação 24 Horas News / Gazeta Esportiva | 15/11/2018 19:29:18

Nesta quinta-feira, Tite concedeu entrevista coletiva depois do último treino da Seleção

Quem esperava ouvir da boca de Tite o time da Seleção Brasileira que vai a campo enfrentar o Uruguai nesta sexta-feira, no Emirates Stadium, em Londres, teve de se contentar com a confirmação de apenas um nome por parte do treinador, revelado, inclusive, sob muita luta. Walace, substituto direto de Casemiro, cortado por lesão, será titular no amistoso diante da Celeste.

Nesta quinta-feira, Tite concedeu entrevista coletiva depois do último treino da Seleção no Centro de Treinamentos do Arsenal e voltou a adotar o mistério quando questionado sobre a equipe titular. De acordo com o treinador, a divulgação da escalação não faz parte da estratégia para o momento da seleção, justamente porque ainda existem dúvidas quanto as peças.

“Esse é o momento em que há uma série de modificações, e você acaba oscilando dentro do jogo, porque se mexe muito no time. Agora é um momento diferente daquele em que uma equipe vinha sendo repetida. Se joga Arthur, Paulinho ou Renato Augusto, são características diferentes, atuam de forma diferente. Não vou facilitar e quero potencializar o que pode ser surpresa pra outra equipe”, disse o comandante.

Assim como Óscar Tabárez, que rasgou elogios à Seleção Brasileira em sua entrevista coletiva, Tite fez questão de ser recíproco e não poupou o adversário de bons comentários. O ponto do comandante brasileiro, porém, foi além do time profissional, enfatizando o trabalho excepcional realizado pelas categorias de base da Celeste, que foi explicado por seu auxiliar, Cléber Xavier.

“Uruguai tem algo que a gente busca, que é a continuidade. Elas vem da base, porque se trabalha com a equipe de cima da mesma forma com a qual é realizado o projeto nas equipes de base. O desenho e os conceitos do Uruguai são padrões. Essa é a chave do sucesso. A renovação de jogadores é realizada, se eleva a qualidade dos atletas, mas ficam outros porque se trata de um trabalho continuado”, comentou o auxiliar.

Sobre o momento de testes pelo qual passa a Seleção após a Copa do Mundo, Tite preferiu ressaltar a chance de oportunizar atletas. “Uma série de fatores são importantes nessa evolução do atleta para ele se credenciar a estar numa Copa América e uma Copa do Mundo. É um momento que serve para dar oportunidades. Alguns cuidados são importantes e em algum momento você acaba dando chance para outros”, finalizou o comandante.


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News