Loco Abreu acerta com 25º clube da sua carreira e vai para o Guinness Book

Uruguaio igualou o recorde do ex-goleiro alemão Lutz Pfannenstiel. Confira todos os times onde o atacante atuou

| 16/06/2017 12:10:03
Atacante uruguaio Loco Abreu assinou com o Deportes Puerto Montt, do Chile, seu 25º clube na carreira
Twitter/Reprodução
Atacante uruguaio Loco Abreu assinou com o Deportes Puerto Montt, do Chile, seu 25º clube na carreira

Aos 40 anos de idade, o atacante Loco Abreu terá seu nome gravado no Guinness Book, o famoso Livro dos Recordes. Nesta quinta-feira, o experiente uruguaio foi confirmado como reforço do  Deportes Puerto Montt , clube que disputa a segunda divisão do futebol chileno, sendo esse o seu 25º time da carreira.

Com o acerto, Loco Abreu igualou o recorde do ex-goleiro alemão Lutz Pfannenstiel, que também entrou em campo profissionalmente com 25 camisas diferentes. Lutz, no entanto, ainda é dono único da incrível marca de atuar por clubes de todos os continentes do mundo, coisa que o uruguaio ainda não fez.

Só neste ano de 2017, o uruguaio jogou pelo Bangu, no Campeonato Carioca, e Central Español, no seu país. A aventura pelo Puerto Montt será a primeira do jogador no Chile - no Brasil, Abreu também defendeu Grêmio,  Botafogo e Figueirense.

 

Loco Abreu em sua passagem pelo Figueirense, em 2012
Site oficial
Loco Abreu em sua passagem pelo Figueirense, em 2012

Confira os clubes onde ele já atuou:

Defensor Sporting (Uruguai)
San Lorenzo (Argentina)
Deportivo La Coruña (Espanha)
Grêmio (Brasil)
Tecos (México)
Nacional (Uruguai)
Cruz Azul (México)
América (México)
Dorados (México)
Monterrey (México)
San Luis (México)
Tigres (México)
River Plate (Argentina)
Beitar Jerusalém (Israel)
Real Sociedad (Espanha)
Aris (Grécia)
Botafogo (Brasil)
Figueirense (Brasil)
Rosario Central (Argentina)
Aucas (Equador)
Sol de América (Paraguai)
Santa Tecla (El Salvador)
Bangu (Brasil)
Central Español (Uruguai)
Deportes Puerto Montt (Chile)

Resumo da carreira

Loco Abreu começou sua carreira há pouco menos 21 anos, em 1996, atuando pelo Defensor Sporting. Mas foi no Nacional, também do Uruguai, que ele teve seu melhor momento no país, conquistando o campeonato nacional algumas vezes. Já com a camisa do Botafogo, o veterano atleta levantou a taça de um Campeonato Carioca, uma Taça Guanabara e uma Taça Rio. Na seleção uruguaia foram 70 jogos, com 26 gols anotados no total e participações nas Copas do Mundo de 2002, no Japão e Coreia do Sul, e 2010, na África do Sul.


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News