QUER JOGAR NO RIO

Jobson é suspenso por tempo indeterminado pelo Brasiliense

Redação 24 Horas News | 22/01/2019 06:30:52

Atacante de 30 anos estava prestes a retomar a carreira oficialmente após punição da Fifa, mas não faz mais parte dos planos do clube da capital


A carreira do atacante Jobson, de 30 anos, ganhou mais um capítulo polêmico nesta segunda-feira. O Brasiliense, seu atual clube, anunciou que o jogador está suspenso por tempo indeterminado, sem revelar o motivo da punição, em nota oficial publicada no site.


"O Brasiliense Futebol Clube, vem por meio desta nota oficial, confirmar a suspensão do atacante Jobson , por tempo indeterminado, conforme decisão da diretoria. Portanto, o atleta está fora da última semana das atividades de pré-temporada e das partidas do Candangão 2019 e Copa do Brasil", disse o clube em comunicado.

Apesar de o motivo ser mantido em sigilo, tudo indica que houve "conflitos internos" entre a diretoria e o jogador. Ele, inclusive, em entrevista ao jornal Correio Braziliense, disse que pediu para deixar o clube por ter uma proposta do futebol carioca.


"Eu sei que eu tenho uma proposta para ir embora, jogar bola no Campeonato Carioca. Faz dias que chegou essa proposta pra mim e eu havia sido liberado. Agora, estão com esse papo aí. Eu vazo, não tem problema não", afirmou em tom de crítica o atleta, que viveu seu melhor momento no Botafogo, em 2009.

Curiosamente, no último sábado (19), o atacante foi titular no amistoso do Brasiliense contra o Uberaba, em partida que terminou empatada por 1 a 1. O advogado e agente do atacante, Josenildo Ferreira, confirmou que existem sondagens de alguns clubes, mas se mostrou surpreso com a suspensão.

"Sondagens vêm tendo há muito tempo. De Bangu, Madureira, até do futebol do Catar, mas nada se materializou. Que eu saiba Jobson ainda é jogador do Brasiliense", disse.

Com o afastamento, o jogador não participará da última semana da pré-temporada e não será relacionado para enfrentar o Santa Maria, no próximo sábado, pela estreia do Campeonato Brasiliense. Ele será desfalque também na Copa do Brasil, contra o CRB dia 13 de fevereiro. Ele não chegou a jogar oficialmente pelo clube da capital brasileira.

O atacante de 30 anos estava suspenso pela Fifa desde 2015 por se recusar a fazer exames e voltou a jogar futebol profissionalmente em setembro do ano passado, pelo Capital-DF, ajudando o time a ser campeão da Série B do Candangão.

Além disso, em 2016, Jobson foi acusado de estupro de vulnerável e cumpre pena em regime de liberdade condicional amparada por medidas cautelares. Ele, que nega o crime, comparece uma vez por mês na Justiça de Tocantins para comprovar suas atividades profissionais.