Em jogo comemorativo, Sir. Alex Ferguson voltará a treinar o Manchester United

Ig Esportes | 16/02/2019 12:20:03

Em comemoração pelo título da Liga dos Campeões de 1999, o United fará um jogo beneficente contra o Bayern de Munique em maio

Nesse sábado (16) o Manchester United anunciou o retorno de Sir. Alex Ferguson ao comando da equipe, porém em apenas uma partida.

No dia 26 de maio, o clube inglês comemora vinte anos da conquista da Liga dos Campeões de 1999, quando venceu o Bayern de Munique por 2 a 1, no Camp Nou. Foi a segunda ‘orelhuda’ dos Red Devils. O primeiro título da Champions tinha sido em 1968 e o terceiro veio em 2008, também sob o comando de Alex Ferguson.

A partida entre as lendas do United contra as lendas do Bayern de Munique está marcada para o mesmo dia da conquista em 1999, no Old Trafford. O jogo será beneficente, ou seja, todo o lucro será revertido a Fundação Manchester United.

Os ingressos para a ‘Treble Reunion’ já começaram a ser vendidos para os sócios da equipe. A venda geral na bilheteria deve iniciar em 18 de fevereiro, na próxima segunda-feira. Os preços vão de 19 a 50 euros para adulto e crianças pagam 10 euros.

Ainda não estão confirmados os nomes dos atletas que estarão na partida. De acordo com o comunicado no site do Manchester United, ‘não há garantias de que qualquer jogador específico apareça no jogo’.

O time que disputou aquela final pelo lado do United era composto de: Schmeichel; Gary Neville, Johnsen, Stam e Irwin; Ryan Giggs, Beckham, Butt e Blomqvist (Sheringham); Yorke e Cole (Solskjaer). Os gols da equipe foram marcados pelos atletas que saíram do banco de reservas.

Já no Bayern de Munique jogaram: Kahn; Linke, Matthaus (Fink) e Kuffour; Babbel, Jeremies, Effenberg e Tarnat; Baslet (Salihamidzic), Jancker e Zickler (Scholl). Técnico Ottmar Hitzfeld. O gol dos alemães foi marcado por Baslet.

O único nome certo até agora no jogo comemorativo é o de Sir. Alex Ferguson. Ferguson trabalhou no Manchester United de 1986 a 2013, tendo comandado a equipe em 1.500 partidas. Considerado o maior treinador dos Red Devils, ele levantou 13 taças da Premier League, duas Liga dos Campeões e um mundial de clubes da Fifa, além de outros 22 títulos.