Corrida Desafio da Fronteira reuniu mais de mil corredores, entre adultos e crianças

| 25/03/2019 17:10:06

Ao todo foram investidos R$ 19 mil em prêmios, entre troféus, medalhas, dinheiro e bicicletas

Todas as crianças ganharam medalhas e um cofrinho por participar da corrida - Foto por: Gabriel Aguiar

A organização foi a marca da 2ª Corrida do Gefron – Desafio da Fronteira e da 1ª Corrida Gefron Kids em Cáceres. Os eventos fazem parte das comemorações dos 17 anos do Grupo Especial de Fronteira (Gefron) e reuniu cerca de 900 corredores adultos no dia 24 de março e 120 crianças de 2 a 14 anos na prova realizada no dia 23 de março.

Ao todo foram investidos R$ 19 mil em prêmios, entre troféus, medalhas, bicicletas e dinheiro para os cinco primeiros colocados. O vencedor da categoria masculina foi o corredor goiano Pablo Fagundes da Costa, o mesmo que venceu a primeira edição da Corrida do Gefron, em 2018. “O Gefron faz essa corrida muito bem organizada, premiação boa, percurso bom. Os organizadores, os militares e Cáceres estão de parabéns pela organização, pela fiscalização, não teve ninguém atrapalhando, a população respeitou a corrida, então a gente corre tranquilo”.

Na categoria feminina, a vencedora foi a sul-mato-grossense Gabriela Rocha. Corredora há oito anos e há cinco como profissional, ela elogiou o evento. “O percurso de 7 km é muito bom, a organização foi excelente e a segurança também”.

Ainda foram premiados os três primeiros colocados entre os policiais do Gefron e das forças de segurança, incluídos aí Exército, Marinha, Aeronáutica, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Judiciária Civil, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal.

A vice-prefeita de Cáceres, Eliene Liberato Dias participou da corrida e também parabenizou a organização do Gefron, afirmando que o evento deve entrar para o calendário esportivo de Cáceres. “É uma prática esportiva que a gente sabe que é benéfica, chama atenção da população para a saúde, para o esporte. Isso só vem trazer benefícios para a nossa comunidade. Fora que a corrida movimenta a cidade, o comércio, os hotéis e restaurantes”.

O comandante do Gefron, tenente-coronel José Nildo Silva de Oliveira, comemorou o sucesso do evento, que atraiu atletas de outros estados. “A gente fica satisfeito em saber que o corredor veio de fora, aprovou a corrida e já veio ano passado também, agradeço a participação de toda a comunidade”.

No dia 28 de março, será realizada a entrega de medalhas, como forma de premiar a tropa, que trabalha 24 horas na região fronteira. No dia 17 de março foi realizado o Torneio de Tiros entre membros das forças de segurança.

1ª Corrida Kids

Com a filha Gabriela Oliveira Benevides, 4 anos, amarrada no corpo, a dona de casa Estela Maris participou da corrida. Há um ano, a criança que nasceu com paralisia cerebral participa do projeto da terapia com cães do Canilfron. “Ela melhorou muito depois de participar dessa interação proporcionada pela terapia. Quis participar com ela, a equipe é muito atenciosa, evento bem organizada”.

Ela, assim como todas as demais crianças, ganhou medalha e um cofrinho.

Autista, a pequena Michely Manuely Cassimiro de Almeida, 5 anos, também participa da terapia com os cães do canilfron. A mãe da menina, a dona de casa Erineia Aparecida Cassimiro de Almeida, diz que a menina passou a socializar melhor após a terapia.

“Antes ela não gostava de animais, machucava, agora ela faz carinho. Acho muito importante a terapia e achei ótima essa corrida e a possibilidade dela se integrar com outras crianças”.