Com dois zagueiros expulsos, Fluminense leva virada do Vasco em São Januário

Lance | 20/07/2019 13:00:11

Em jogo muito movimentado, o cruz-maltino se aproveitou da vantagem numérica, e com golaço de Bruno César, conseguiu a virada no clássico

De virada e com dois a mais em campo em parte do segundo tempo, o Vasco fez 2 a 1 no Fluminense, na manhã deste sábado, em São Januário e conseguiu se afastar da zona de rebaixamento, deixando o adversário para trás. Castan e Bruno César marcaram para o Vasco, enquanto Pedro fez o do Fluminense. O Cruz-Maltino chegou aos 12 pontos e ficou na 14ª colocação. O Tricolor parou nos 9 pontos e caiu para o 16º lugar. 

Na 12ª rodada, o Vasco visita o líder Palmeiras no Allianz Parque, no próximo sábado, às 17h. No mesmo dia, às 19h, o Fluminense recebe o São Paulo, no Maracanã. 

A partida começou agitada e tensa em São Januário. Logo com um minuto de jogo, Yan Sasse já arriscou um chute de fora da área, mas acabou pegando mal na bola. Depois, o clima esquentou. E não só pelo sol de quase meio-dia. A cada falta marcada, os jogadores das duas equipes reclamavam com a arbitragem e discutiam entre si. Só no primeiro tempo foram quatro cartões amarelos distribuidos. 

Depois, foi a vez do Fluminense chegar com perigo. Primeiro, o zagueiro Digão cabeceou uma bola que acertou a trave, mas o lance já estava parado por impedimento. Alguns minutos depois, Pedro recebeu pelo lado esquerdo e finalizou com perigo para o gol de Sidão, que substituiu Fernando Miguel, cortado em cima da hora por estar com febre. O goleiro vascaíno não conseguiu encaixar e colocou para escanteio. Aos 19, o Vasco quase marcou. Raul ganhou de Digão e saiu na cara de Agenor. Ele só rolou para Marquinho, no meio da área. Na hora que o meia ia finalizar, Nino apareceu e conseguiu jogar a bola para escanteio. 

Após os 25 minutos de jogo, quando Fluminense tinha mais de 60% de posse de bola, o Vasco adiantou a marcação e pressionou a saída de bola tricolor. Em alguns lances, conseguiu forçar o erro adversário e já pegava a bola próximo da área do Flu. Mas faltou qualidade nas finalizações vascaínas. 

Se o Vasco, mesmo sendo mais objetivo, não conseguia marcar, com o Fluminense foi diferente. E o camisa 9 tricolor aproveitou bem a chance que teve no final do primeiro tempo. Aos 46, após boa jogada de Gilberto, Pedro recebeu na entrada da área e finalizou com muita categoria no cantinho do gol: 1 a 0 para o Flu! 

Se o primeiro tempo terminou positivo para o Fluminense, o início da segunda etapa deu indícios que o Vasco poderia ter uma melhor sorte no jogo. Aos 11 minutos, Digão foi expulso ao receber o segundo cartão amarelo, deixando o Fluminense com um a menos em campo. E logo dois minutos depois o Cruz-Maltino quase marcou com Henríquez. O zagueiro ficou com uma sobra após cobrança de falta de Valdivia e, quase sem ângulo, finalizou uma bola na trave. 

E o Vasco conseguiu chegar ao gol de empate aos 21 minutos. E num gol de muita raça. Após cruzamento, Marrony cabeceou e Agenor espalmou para a área. No rebote, Castan tentou duas vezes para vencer o goleiro adversário e marcar o primeiro gol do Cruz-Maltino. 

Se o cenário já era melhor para o Vasco após o gol de empate, a situação ficou melhor ainda aos 28. Após lançamento nas costas da zaga tricolor, Frazan, que era o último homem, segurou Pikachu, o juiz marcou falta e expulsou o jogador que havia entrado após a expulsão de Digão. Na cobrança da falta, Bruno César bateu com muita qualidade e colocou no ângulo de Agenor. 2 a 1 para o Vasco e três pontos na conta do Cruz-Maltino!