Adesanya provoca Jon Jones: "Agradece a Deus enquanto cheira nos bastidores"

iG São Paulo | 17/04/2019 16:05:12

Campeão interino dos pesos-médios do UFC, o nigeriano ainda chamou Jones de frouxo e afirmou que ele é tudo que o campeão sempre quis ser

O nigeriano Israel Adesanya, atual campeão interino dos pesos-médios do UFC, voltou a provocar Jon Jones, que é campeão dos pesos-meio-pesados e atual número um do ranking peso-por-peso da organização.

Em entrevista ao programa "MMA Hour", Adesanya afirma que Jon Jones é um "frouxo", além de acusar o rival de usar drogas nos bastidores e se esconder da USADA (Agência Antidoping dos EUA).

"Ele é um frouxo. Para começar, há duas variáveis que eu não esperava neste jogo. A primeira foi lutar contra Anderson Silva, e agora, lutar contra Jon Jones. Tenho que me adaptar a isso. Então eu digo que ele é um frouxo porque ele escolheu o momento em que eu deveria estar recebendo todo o brilho para tentar aparecer. Ele é irrelevante, ninguém se importa de verdade com ele. Eu sou tudo o que ele gostaria ser, e que gostaria de ter sido. Tipo, ele diz: "Quero agradecer a Deus" enquanto cheira nos bastidores, e se esconde em um quarto fechado para fugir da USADA. Eu sei de muita coisa que se fala nas ruas. Todos sabem o que acontece nos bastidores. Por isso eu digo que sou tudo que ele gostaria de ter sido. As pessoas não gostam de mim, mas é difícil não gostar de mim. Eu faço as melhores lutas que eles já viram, e sou um cara legal, de verdade. Tenho certeza de que, para a sua equipe e para os seus amigos ele é legal, mas... sei lá", disse o campeão interino do UFC.

Ainda na entrevista, Adesanya afirmou que deseja bater os principais lutadores entre os pesos-médio para então subir para o meio-pesado e se tornar um "imortal" no esporte. Segundo ele, Jones está tentando queimar a largada com uma luta agora.

"Ronaldo Jacaré, Yoel Romero, Chris Weidman, Jared Cannonier... esses caras estão na fila. Então relaxa, filho da p***. Me deixe passar por cima dos pesos-médios e pelo menos defender meu cinturão algumas vezes. Quero passar por todos os melhores da categoria pelo menos uma vez, e depois subir para o meio-pesado. Mas Jon Jones está tentando queimar a largada - ele sabe que sou um grande desafio e, honestamente, sabe que teria mais chances de me vencer agora do que daqui a um ano ou dois. Ele sabe disso, é um cara inteligente, assim como seus treinadores. Não sei se lutar comigo agora é só a vontade dele, ou se há alguém por trás dizendo: "Vai lá, encara ele agora, enquanto ainda está verde." Eu sofri bullying a minha vida toda. Quando eu me irritar, ele vai levar o que merece. Já derrotei pesos-pesados sem estar no peso deles. Amo desafios e testes. São essas coisas que te tornam imortal, e é isso que eu quero fazer nesse esporte. Quero ser imortal!", disse Adesanya.