Pego na Lei Seca, Nego do Borel se recusa a fazer teste do bafômetro

Saullo Brenner | 18/08/2019 10:00:04

O músico tem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) provisória

Divulgação

O cantor Nego do Borel foi pego na Lei Seca enquanto conduzia seu carro pela avenida Ayrton Senna, na altura do Casa Shopping, na Barra da Tijuca (RJ). Parado em uma blitz, o funkeiro se recusou a fazer o teste do bafômetro, na madrugada de sábado (17/08/2019).

De acordo com a colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, Nego recebeu orientações sobre a lei vigente, mas não quis encostar a boca no bafômetro.

Autuado, o músico teve o veículo liberado para um condutor habilitado, tendo em vista que a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de Nego é provisória.

Autuado, o músico teve o veículo liberado para um condutor habilitado, tendo em vista que a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de Nego é provisória.

Nego cancela show

Nego do Borel causou polêmica após cancelar um show no início do mês, na Festa do Produtor Rural, realizada em Engenheiro Paulo de Frontin (RJ). De acordo com a colunista Fábia Oliveira, o funkeiro teria se recusado a fazer o show por conta do clima.

Conforme a jornalista, Nego alegou que estava frio e chovendo para ele sair de casa. A notícia de que o show havia sido cancelado, contudo, só foi divulgada por volta de 23h; Nego se apresentaria à 1h.

O música realizaria o show ao lado de Tiee numa estrutura coberta; seu cachê de R$ 75 mil, segundo Fábia, foi pago antecipadamente. Tiee comandou a atração normalmente.

 

Jornalista: Saullo Brenner