CINEMA

Documentário Mato-grossense é indicado ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2019

Redação 24 Horas News | 16/05/2019 09:09:33

Dirigido, filmado e montado por Rafael Irineu, o documentário "Majur"  é um dos indicados para concorrer no 1º turno do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2019 na seleção de curta-metragem documentário. o GP é organizado pela Academia Brasileira de Cinema, o evento agracia as melhores produções audiovisuais brasileiras.

O curta-metragem sobre um porta-voz indígena LGBTQ+ vai muito além de 20 minutos. Em sua essência carrega uma grande importância por de trás das câmeras: uma equipe 100% mato-grossense, composta por profissionais estreantes nas funções principais, formada por indígenas, gays, mulheres e trans para contar a história de Majur.

 A estreia no Brasil aconteceu no "DIGO" (Festival Int. da Diversidade Sexual e de Gênero de Goiás) e passou pelo 46º Festival de Cinema de Gramado, 28º Curta Cinema, 26° Festival Mix Brasil, 22º Mostra de Tiradentes, e internacionalmente lançado na Argentina pelo 11º Festival Latinoamericano de Cine de los Pueblos Indígenas, e no Festival Internacional de Cinema O Picasa, que levou o prêmio de melhor documentário internacional. Passando pela Espanha, Canada, Alemanha, Peru e Argentina. Ao todo são mais de 50 seleções e 11 prêmios no primeiro ano de lançamento. Ao todo são mais de 50 seleções e 12 prêmios em quase um ano de lançamento.

A votação em primeiro turno é feita entre os membros da Academia Brasileira de Cinema. Os cinco da categoria estarão na final para concorrer ao Troféu Grande Otelo. A premiação acontecerá no Rio de Janeiro, ainda sem local e data definidos.

Ficha Técnica:

Direção, Câmera e Montagem: Rafael Irineu

Produção Executiva: Patricia Ribeiro

Ass. de Direção e Produção: Ayrton Senna Amaral

Som Direto: Matheus Lazarin e Isabelle Almeida

Making of: Cezar Rondon

Motorista: Nalme Mendonça

Desenho de Som: Matheus Lazarin

Correção de Cor e Finalização: Isabela Padilha

Trilha Sonora Original: ''Urucum'' - Gontcha

Faixa Musical: "Vem" - Jaloo

Tradução Libras: Túlio Gontijo

Audiodescrição: Thayana Bruno, Cida Leite e Valentim Félix

Ilustração Cartaz: Stainner Rylle

Apoio: Luiz Marchetti