CULTURA E LAZER

Cine Teatro Cuiabá completa 75 anos e exibe série de filmes históricos

Na terça-feira (23) o destaque é A noiva caiu do céu, com Bette Davis, que foi exibido na noite de inauguração em 1942

Redação 24 Horas News | 19/05/2017 18:40:54
Foto por: Divulgação

No dia 23 de maio o Cine Teatro Cuiabá completa 75 anos de história e, para celebrar a data, volta a exibir o mesmo filme apresentado no dia da sua inauguração, em 23 de maio de 1942. O longa-metragem "A noiva caiu do céu", de William Keighley, faz parte do Ciclo 75 Anos do Cine Teatro Cuiabá, que consiste em apresentar à sociedade sete filmes que estiveram em cartaz no teatro nas décadas de 40 a 70. O Ciclo, que integra a série Encontros com Cinema, começou no dia 16 com Festim Diabólico, de Alfred Hitchcock, e tem curadoria de Diego Baraldi e Ana Maria Souza. A sessão será às 18h30.

Além da projeção do filme haverá a participação especial do pianista Arthur Scharneski, que tocará temas musicais de cinema, e do historiador e escritor cuiabano Aníbal Alencastro, antigo projecionista dos cinemas de Cuiabá, que contará a trajetória do Cine Teatro. O Cine Teatro Cuiabá é um equipamento cultural da Secretaria de Estado de Cultura (SEC-MT), administrado via contrato de gestão pela Associação Cultural Cena Onze.

O nome do primeiro filme que seria exibido pelo CTC na noite de inauguração foi mistério durante meses e a espera pela grande noite foi motivo de orgulho por parte da população. Isso porque a obra cinematográfica seria lançada em Cuiabá antes mesmo de ser exibida em outras cidades brasileiras. A construção do Cine Teatro foi, por si só, um grande acontecimento e o prédio, quando concluído, foi considerado moderno e luxuoso para os padrões da época.

A noiva caiu do céu é protagonizado pela diva Bette Davis no papel de Joan Winfield, uma jovem milionária e impetuosa que se envolve com um músico a contragosto do pai que contrata um homem chamado Steve Collins (James Cagney) para que a sequestre, recebendo em troca seu peso em dinheiro, impedindo assim o casamento. O avião com a dupla cai numa cidade quase abandonada e eles acabam se apaixonando.

O Ciclo

O Ciclo 75 Anos de Cine Teatro contempla sete filmes que já estiveram em cartaz no CTC nas décadas de 40 a 70.  De acordo com Baraldi, os filmes escolhidos para compor a programação partiram de uma pesquisa feita em jornais das décadas passadas a partir do acervo do jornal O Estado de Mato Grosso, disponível no site da Biblioteca Nacional.

"A pesquisa foi limitada, nem todos os jornais correspondentes a esse período estão disponíveis para consulta. Mesmo assim conseguimos elencar mais de uma dezena de filmes que poderiam apontar para articulações com o tempo presente. Após essa lista inicial, tivemos que lidar com restrições relacionadas aos direitos de exibição. Infelizmente deixamos de fora alguns títulos que gostaríamos de exibir. De qualquer maneira, acreditamos que, com os sete filmes que programamos para o Ciclo, será possível estabelecer diálogos entre a época em que esses filmes foram lançados e o momento atual", explica.

O projeto Encontros com Cinema é uma parceria do Cine Teatro Cuiabá (CTC) com a Pró-reitoria de Cultura, Extensão & Vivência (Procev), Cineclube Coxiponés e Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal de Mato Grosso. Durante a pesquisa para o Ciclo 75 Anos Cine Teatro, houve a colaboração do Sr. Aníbal Alencastro e da Professora Doutora Maria Auxiliadora de Freitas. 

Confira a programação completa:

16/05: Festim Diabólico (Rope, Alfred Hitchcock, EUA, 1948); apresentação do pianista Arthur Scharneski e histórias de Aníbal Alencastro

23/05: A Noiva Caiu do Céu (The bride came C.O.D., William Keighley, EUA, 1941)- primeiro filme exibido no CTC; apresentação do pianista Arthur Scharneski e histórias  de Aníbal Alencastro

30/05: 12 Homens e uma sentença (12 angry men, Sidney Lumet, EUA, 1957)

06/06: Fahrenheit 451 (François Truffaut, Reino Unido, 1966)

13/06: O Planeta dos Macacos (Planet of the apes, Franklin J. Schaffner, EUA, 1968)

20/06: O bebê de Rosemary (Rosemary’s baby, Roman Polanski, EUA, 1969)

37/06: Bye Bye Brasil (Carlos Diegues, Brasil, 1979)

Equipamento cultural

O Cine Teatro Cuiabá foi inaugurado em 23 de maio de 1942. O prédio possui 1.182m2 de área construída, incluindo teatro com plateia para uma capacidade de 515 pessoas.

Construído em área central da cidade, na Avenida Getúlio Vargas, ao lado do antigo Grande Hotel, oportunizou grandes espetáculos cinematográficos e cênicos até fins da década de 60.

Em outras décadas, foi sede do Banco Bemat, cedido para a Fundação Cultural de Mato Grosso e sofreu interferências na estrutura do prédio ao longo dos anos. Passou por reforma, restauro e revitalização, reabrindo as portas em 2009. Funcionou até setembro de 2014. Em 2016 o prédio passou por revisão das instalações elétricas, hidráulicas e de ar condicionado, internet, prevenção e combate a incêndio, piso, cadeiras e também recebeu nova pintura interna e externa, reabrindo as portas ao público em agosto daquele ano.

Tombado como Patrimônio Cultural do estado em 1984, o CTC integra os equipamentos culturais localizados na região central de Cuiabá. Além de ser um espaço de difusão artística, o Cine Teatro é também um centro de formação nas artes do palco. Por meio de parceria com a SP Escola de Teatro foi criada a MT Escola de Teatro, que oferece diversos cursos profissionalizantes continuados nas áreas de dramaturgia, sonoplastia, iluminação, cenografia, figurino, produção e direção, além de cursos e oficinas de curta duração em diversas áreas.

Serviço – O Ciclo 75 Anos de Cine Teatro Cuiabá segue até o dia 27 de junho, com exibições sempre às terças-feiras, às 19h, ao valor de R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia).


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News