Bill Cosby é condenado à prisão por casos de abuso sexual

IG Gente | 25/09/2018 16:00:03

Comediante americano Bill Cosby já foi acusado de assédio sexual por mais de 50 mulheres e foi condenado à prisão. Confira mais sobre o caso:

Segundo informações do site TMZ, Bill Cosby foi condenado à prisão por casos de abuso sexual. Nesta terça-feira (25), aconteceu mais um julgamento contra o comediante, que foi acusado de assédio por 57 mulheres e foi condenado à prisão por três casos.

Bill Cosby não terá direito à fiança e vai cumprir de três a dez anos em uma prisão estadual da Pensilvânia. No início do ano, o comediante americano já tinha sido condenado por drogar e abusar da ex-jogadora de basquete Andrea Constand, em 2004, na mansão do ator, na Filadélfia, no mesmo estado.

Cosby, de 81 anos, está indo direto para a prisão, pois o juiz negou o pedido de liberdade sob fiança. De acordo com a promotoria, o artista, famoso por seu papel no “The Cosby Show”, dava comprimidos de benadryl, deixando as vítimas incapazes de reagir aos seus ataques sexuais.

Foi divulgado no tribunal uma carta na qual a ex-jogadora Andrea Constand detalha a angustiante experiência de ter sido assediada por Cosby e ela afirmou que não conseguia comer, conversar ou dormir após o episódio: “O bullying psicológico, emocional e financeiro incluiu uma campanha de difamação na mídia que deixou toda a minha família em choque e descrença”, acrescentou ela.

Costand ainda afirmou que tinha que conviver com Bill Cosby no departamento de atletismo da Universidade Temple: "O som de sua voz pelo telefone parecia uma faca passando por minhas entranhas. A visão do homem que me drogava e abusava sexualmente entrando no escritório de basquete me encheu de pavor”, finalizou a ex-jogadora.

Após diversas acusasões de abuso sexual, o comediante americano Bill Cosby foi expulso da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood. Em comunicado à imprensa, a instituição alegou: "A Academia é totalmente contra qualquer forma de abuso, assédio ou discriminação, seja de gênero, orientação sexual, raça, etnia, deficiência, idade, religião ou nacionalidade". 

Fonte: IG Gente

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News